Últimas Notícias

Jovem desaparecida em Pelotas RS pode estar sendo mantida em cativeiro em Maringá PR


(FOTO: ARQUIVO FAMILIAR)
Taís Venske que tem uma filha que ficou na cidade de Pelotas - RS. Ela desapareceu no Rio Grande do Sul, no dia 11 de janeiro depois que saiu para ir ao salão. 

Taís Venske

Os familiares conseguiram rastrear o celular. A família que já abriu boletim de ocorrência, acredita que ela está mantida sob cárcere privado "aqui" em Maringá, no norte do Paraná. Alexandro Venske, cunhado de Taís Venske está em Maringá acompanhando as investigações. “Ela não deu mais notícias até um certo momento, aí depois, uma hora ela falou que estava bem, mas aí outra hora, na noite, ela pede ajuda e que não pode falar” relatou Alexandro. 


(IMAGENS: DIVULGAÇÃO) 


“A gente veio até aqui para tentar falar com ela, aí, uma hora ela diz que estava bem e aí, depoisoutra hora, ela fica pedindo ajuda. Aí a gente tem uma suspeita que ela está sendo monitorada por alguém em cárcere privado”, contou também Alexandro Venske. 

Taís Venske já ligou mais de uma vez, sempre de madrugada e em todas as vezes de números de celulares diferentes.

Nenhum comentário