Últimas Notícias

GTFoods diz que drenagem está correta e estão cumprindo o que foi acordado com o IAP

O diretor da empresa GTFoods afirmou em entrevista coletiva que a drenagem está correta e estão cumprindo o que foi acordado com o IAP.

Segundo relatos da diretoria da GTFoods em um pronunciamento à imprensa na sede da indústria, nesta quinta-feira (21), em Maringá, a drenagem do material transformado em lodo em suas fábricas e posteriormente descartado está correta. A diretoria relatou também que o lodo, orgânico, é jogado em uma propriedade da empresa.

Após o assunto virar notícia nesta semana, a Secretaria de Meio Ambiente, multou a GTFoods em R$ 2 milhões pelo despejo de lodo e disse que vai produzir um laudo para saber se houve contaminação ambiental.


A prefeitura alega que o abatedouro deveria jogar cal todos os dias. E a cada 15 dias, retirar o material, o que não tem acontecido. 

Já o diretor de suprimentos da empresa GTFoods, José Carlos Ferreira, disse que não.  "Segundo a liberação do IAP - Instituto Ambiental do Paraná, o material será retirado no dia 28 de fevereiro, quando o trabalho de descarte do lodo se encerrar" explica José Carlos.

Agora, a GTFoods tem 30 dias para apresentar defesa. 

Se a imprensa não tivesse mostrado, a prefeitura iria fazer vista grossa?

Nenhum comentário