Últimas Notícias

Professor é indiciado por estupro e vereador cobra explicações da SEDUC

Professor suspeito de abusar de alunas é indiciado por estupro de vulnerável nesta quinta-feira (21) pelo Nucria. 


Também nesta quinta-feira na sessão ordinária da Câmara de Maringá, foi votado e aprovado com 10 votos, em regime de urgência, requerimento do vereador William Gentil (PTB) solicitando à prefeitura explicações sobre o caso do professor de educação física suspeito de ter abusado de oito alunas em uma escola municipal. William Gentil quer saber por que o professor de educação física suspeito foi transferido de escola e não afastado do cargo durante as investigações. Gentil cobra, e a SEDUC terá que dar explicações.

Oito vítimas, entre 8 e 11 anos já tinha denunciado o professor quando surgiu a nova denúncia. O Caso será encaminhado ao Ministério Público. 

Nenhum comentário