Últimas Notícias

Na ALEP o portal da transparência funciona! Veja os gastos dos deputados em fevereiro de 2019

Você sabia que os deputados do Paraná têm uma verba de até R$ 31.470,00 pra ressarcimento de gastos? 

Os gastos dos deputados estão publicados no Portal da Transparência da Assembleia Legislativa do Paraná. Porém por enquanto só existe divulgação até o mês de fevereiro. 

Destacamos os gastos de fevereiro de 2019 dos três deputados 'novatos' que representam Maringá, Soldado Adriano, Do Carmo e Homero Marchese.

Soldado Adriano José foi o mais gastão dos três, Ele mal chegou na ALEP e teve R$ 23.330,98 de despesas ressarcidas. Destaque para despesas com Hospedagens e Estadias R$ 4.840,31, e mais! Locação de Veículos R$ 6.972,00, Passagens e Taxas de Embarque R$ 2.118,77 e Combustíveis em Geral R$ 2.811,78, total de gastos com transportes: R$11.902,75.

Do Carmo também fez gastos elevados em fevereiro, ele teve R$ 15.456,01 de despesas ressarcidas. Destaque para despesas com transportes: Locação de Veículos R$ 8.500,00, Passagens e Taxas de Embarque R$ 1.099,61, Combustíveis em Geral R$ 1.760,28, total de gastos com trasportes: R$ 11.359,89.

Homero Marchese foi o deputado que menos gastou em fevereiro deste ano, ele teve R$ 1.921,77 de despesas ressarcidas. O maior gasto do deputado foi com Insumos e Serviços de Informática R$ 971,30.

Fora os novatos, o deputado veterano maringaense mais gastão é Dr. Batista, ele teve R$ 27.645,65 de despesas ressarcidas. 

Um fato interessante foi o gasto de janeiro do deputado Wilson Quinteiro. No último mês do seu mandato como deputado estadual ele "passou o rodo geral" e quase gastou o teto máximo (R$ 31.470,00)Total da Despesas Ressarcidas: R$ 31.466,49.

Separamos alguns gastos ressarcidos pela ALEP aos deputados estaduais:


Fevereiro de 2019
Homero Marchese

Do Carmo

Soldado Adriano José

Dr. Batista

Delegado Jacovós

Maria Victoria

Requião Filho (Extrapolou o limite)

 Janeiro de 2019
Evandro Júnior

Wilson Quinteiro

Fonte: http://transparencia.alep.pr.gov.br



Nenhum comentário