Últimas Notícias

Pai de Eduarda é ameaçado nas redes sociais, ele matou a própria filha


Ricardo Seidi, pai de Eduarda, tem sido ameaçado pelas redes sociais, por pessoas revoltadas com a acusação de que ele teria matado a própria filha. 



De acordo com testemunhas, ele quase foi linchado no momento em que o corpo foi encontrado em sua residência. 

"Ricardo confessou ter enterrado o corpo, porém nega ter matado a filha, segundo informações, ele disse que a menina se suicidou."

O corpo de Eduarda, foi enterrado nos fundos de uma casa com as pernas amarradas e com um saco plástico na cabeça. Após uma denúncia anônima ser feita à Polícia Militar, o corpo da criança foi encontrado na tarde deste domingo (28)

O pai tinha a guarda da criança, que também sempre visitava a casa da mãe, que era separada de Ricardo. 

O vendedor de carros Ricardo Seidi, foi preso no local e deve em Rolândia, no norte do Paraná.

A mãe Jéssica Pires, que também mora em Rolândia, fez campanha nas redes sociais em busca de informações da filha. Neste domingo (28), em uma postagem ela confirmou a morte da Eduarda.

A criança Eduarda Shigematsu desapareceu na quarta-feira (24). De acordo com o Serviço de Investigação de Crianças Desaparecidas (Sicride), a criança foi para a escola de manhã, voltou para casa, deixou a mochila no sofá e não foi mais vista. 

Vídeo | População se revolta no momento em que o pai de Eduarda foi até a sua residência com a policia para encontrar vestígios do crime. O rapaz teve que ser retirado rapidamente do local. 


Eduarda Shigematsu

Ricardo Seidi
Leia também:
Criança que estava desaparecida a quatro dias foi morta pelo próprio pai que confessou o crime

Nenhum comentário