Últimas Notícias

Calote | Operários do Hospital da Criança estão sem receber salários

Os funcionários disseram ao repórter do programa Balanço Geral - RIC TV Record que a empreiteira vem dando calote e deixando de fazer os pagamentos.


Um grupo de trabalhadores se reuniram em frente ao sine de Maringá. Eles eram os responsáveis por montar as estruturas do Hospital da Criança que está sendo construído na cidade. De acordo com eles a empresa de ferragens Embrafer Estruturas Metálicas, que tem sede em Curitiba, deixou de pagar os salários do mês de abril, demitiu os funcionários e não pagou a rescisão. 

"Nos tentamos ligar em Curitiba e falar com a Sandra, ela falou para nos que não tem previsão, ontem tentamos de novo, a gente precisa temos contas a pagar, ela falou que não tem previsão, a gente não vai pagar e nem juiz faz a gente pagar" relata um dos funcionários.

Os operários afirmam que os problemas começaram desde o primeiro mês de contrato, quando os vales começaram a atrasar. "Nunca pagaram corretamente, até que no terceiro mês resolvemos parar, foi aonde a ONG (WFO) resolveu dispensar a gente" comenta outro operário.

Segundo os funcionários os salários que não foram pagos variavam entre R$1.600,00 reais e R$2.100,00 reais.

De acordo com o coordenador operacional da construtora responsável pela obra que contratou a empresa de ferragens, a empreiteira teve o contrato cancelado porque não teria cumprido com diversas clausulas, a empresa recebeu R$ 550,00 mil reais, o contrato era dividido em 3 fases, mas não passou da primeira por conta de descumprimento. A empresa de ferragens foi notificada extrajudicialmente e uma reunião chegou a ser marcada dias atrás, mas os responsáveis não compareceram. 

O coordenador afirmou também que fez o repasse corretamente, porém a empreiteira não fez o repassa aos empregados.

A EMBRAFER disse que recebeu com surpresa a informação de que não poderiam mais trabalhar e foram impedidos de entrar na obra, porém afirmaram que vão honrar todos os compromissos e vão pagar os salários.

Fonte: Programa Balanço Geral Maringá / RIC TV Record






Um comentário:

  1. Aí aí aí.. Vamos ficar de olho, porque é sempre o povo que realmente trabalha que se prejudica???

    ResponderExcluir