Últimas Notícias

Capenga | Assembleia aprova fim das futuras aposentadoria a ex-governadores, mas os atuais continuarão recebendo

Aprovado fim da aposentadoria pra futuros ex-governadores do Paraná porém quem já recebe não terá o benefício cortado.

A Assembleia Legislativa aprovou nesta quarta-feira (15) a retirada do trecho da Constituição do Paraná que permite que ex-governadores recebam “aposentadoria” após deixarem o Palácio Iguaçu. Porém os atuais beneficiários continuam recebendo os pagamentos. O governo do Paraná gasta com atuais beneficiários cerca de R$ 3 milhões de reais por ano.

A emenda liderada pelo deputado estadual Homero Marchese (Pros) que tentava retirar os benefícios já em vigor, tinha como certo a adesão de 32 parlamentares, não atingimento do quórum necessário e fracassou no plenário.

A Proposta principal que acaba com a aposentadoria dos próximos ex-governadores passou em primeiro turno de votação com unanimidade, dos 54 parlamentares no total,  44 deputados estavam presentes e todos votaram a favor. Já a emenda que tentava acabar com os benefícios que atualmente são pagos ao oito ex-governadores foi rejeitada, com 27 votaram a favor e nove contra. 

"Onze deputados faltaram na votação da PEC das aposentadorias. Seis deputados favoráveis à emenda estão viajando". 

O deputado Homero Marchese, publicou a sua insatisfação na sua página no Facebook; "Lamentamos o não atingimento do quórum necessário para derrubar as chamadas aposentadorias para todos os atuais ex-governadores do Estado, que recebem mesada vitalícia de mais de R$ 30 mil do povo do Paraná, sem terem contribuído para isso.
A emenda proposta por vários deputados, inclusive eu, para derrubar esse privilégio inconstitucional não atingiu os 33 votos previstos na Constituição na sessão de hoje de manhã. Foram 27 votos a favor, 9 contra e 6 abstenções. Vários deputados estavam em viagem, o que não passou despercebido aos responsáveis por trazer a votação para hoje. Tentamos adiar a votação, sem sucesso.

É uma pena que a Assembleia deixe de demonstrar para a população que está afinada com seus anseios, especialmente quando o Supremo Tribunal Federal, por diversas vezes, já reconheceu que não existe direito adquirido a essa "aposentadoria" e está prestes a fazer o mesmo no Paraná.

A PEC proposta pelo governador Ratinho para cortar a aposentadoria dos futuros ex-governadores, inclusive dele próprio, foi aprovada à unanimidade".



Nenhum comentário