google.com, pub-9260219201570232, DIRECT, f08c47fec0942fa0 Homero Marchese diz que reajuste da Sanepar deveria ser 5,58%, mas TCE autoriza aumento de 8,37% - Jota Silva Destaques

Últimas Notícias

Homero Marchese diz que reajuste da Sanepar deveria ser 5,58%, mas TCE autoriza aumento de 8,37%

Conselheiros decidiram que reajuste máximo a ser aplicado é de 8,37%. Agepar tem 90 dias para revisar metodologia de cálculo



O Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) determinou nesta quarta-feira, 22, que a Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) está autorizada a reajustar a tarifa de água e esgoto, mas com aumento de até 8,37%.

Um dia antes da autorização do TCEnesta terça-feira (21), o deputado estadual Homero Marchese (Pros) apresentou na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) um estudo que questiona a conta apresentada pela Sanepar para pedir o reajuste de 12,13% na tarifa de água e esgoto. 


O estudo sobre o cálculo aponta que houve cobrança em duplicidade, com capitalização sobre os reajustes anteriores. Segundo os cálculos de Marchese o reajuste deveria ser de, no máximo, 5,58%. 

Em outro estudo feito pela equipe do deputado, o porcentual deveria variar entre 7,44% e 10,26%, ainda menores que o reajuste de 12,13%. 

A partir da decisão do TCE em estabelecer o limite de 8,37% para o reajuste, nesta quarta-feira, a Sanepar disse que empenhará esforços para demonstrar que o percentual de 12,13% atende aos preceitos estabelecidos.

Nenhum comentário