Últimas Notícias

Suposto assassino de Jeniffer nega crime

A Polícia Civil de Maringá, prendeu em Mandaguari, Carlos Alberto Dias, de 29 anos, ele é o suposto assassino de jovem Janiffer Tavares, de 16 anos. 

Carlos Alberto estava foragido, ao ser detido próximo a praça de pedágio de Mandaguari (a 43 quilômetros de Maringá), ele disse que a jovem usou drogas e morreu de overdose, porém a jovem tem marcas de violência, exame revelou que Jeniffer foi estuprada, sofreu traumatismo craniano e asfixia por esganadura.


Ele está sendo indiciado por homicídio qualificado, roubo, estupro e ocultação de cadáver.


Jeniffer estava desaparecida desde a madrugada de sábado para domingo (05) quando saiu com amigos e foram até a praça da catedral. 


Segundo a polícia, Jeniffer foi vista entrando em um motel com Carlos Alberto na noite do crime.


O corpo foi encontrado na manhã desta terça-feira (07), por catadores de reciclados, em um terreno baldio no Jardim Rebouças em Maringá. Ela morava na vila Morangueira. 






Nenhum comentário